Feeds Ricardo Amorim Facebook Ricardo Amorim Twitter Ricardo Amorim Linkedin Ricardo Amorim Youtube Ricardo Amorim

E se os políticos tivessem de ler mensalmente um código de ética sério?

postado em Artigos


01/2017

Por Ricardo Amorim

 

 
Nos últimos anos, os escândalos políticos e suas consequências nefastas sobre a economia e a vida dos brasileiros parecem não ter fim. Os avanços recentes no combate à corrupção e à impunidade e os grandes ganhos de longo prazo que eles podem trazer ao país, se forem sustentados, não podem ser perdidos. Retroceder na limpeza política por que passa o Brasil em nome de apaziguar o ambiente seria uma péssima opção. Já pagamos muito caro para abrirmos mãos dos ganhos que teremos, mesmo que estes ganhos possam ainda estar distantes.
 
Temos de acelerar o expurgo político e  criar condições para reduzirmos ao máximo a corrupção. Temos de espalhar o medo de punições graves entre corruptos e corruptores. Aqueles em posições passíveis de envolvimento com condutas ilícitas têm de ter mais a perder do que a ganhar caso envolvam-se com práticas ilegais.
 
O mais importante para isso é que políticos e empresários corruptos sejam condenados pela Justiça a penas duras. No caso dos empresários, isto já vem acontecendo nos últimos anos. Faltam condenações exemplares generalizadas a políticos de todos os partidos.
 
Adicionalmente, a legislação tem de ser ajustada para facilitar a condenação e endurecer as penas de envolvidos em corrupção. Este era exatamente o objetivo das 10 Medidas Contra a Corrupção elaboradas pelo Ministério Público, que os congressistas, em defesa própria, tentaram desfigurar, mas foram forçados a retroceder, ao menos por ora, em função de pressão popular.
 
Acredito que há mais um fator possível para limitar a corrupção: envergonhar publicamente políticos corruptos. Há várias formas de se fazer isso. Uma delas envolve o código de ética aos políticos. Como médicos, advogados e tantas outras classes profissionais, senadores e deputados possuem um código de ética, que atualmente é solenemente ignorado. E se todos os políticos em cargos públicos tivessem de recitar publicamente tal código de honra uma vez por mês, expondo–os publicamente e os sujeitando a punições severas em caso de não cumprimento ?
 
Não tenho nenhuma ilusão que só isso acabará com a corrupção. Há pessoas que sempre tentarão burlar as regras e a impressão é que a política atrai uma proporção grande delas. Há também pessoas incorruptíveis, que sempre fazem o certo, independentemente das regras. Para os demais – a grande maioria – os incentivos às condutas corretas e as punições às más condutas fazem a diferença. Neste sentido, um código de ética rígido e com visibilidade poderia ser mais um aspecto para colaborar na formação de uma classe política mais ética e na redução da corrupção no país.
 
Ricardo Amorimautor do bestseller Depois da Tempestade, apresentador do Manhattan Connection da Globonews, o economista mais influente do Brasil segundo a revista Forbes, o brasileiro mais influente no LinkedIn, único brasileiro entre os melhores palestrantes mundiais do Speakers Corner e ganhador do prêmio Os + Admirados da Imprensa de Economia, Negócios e Finanças de 2016.

 

Quer receber meus artigos por e-mail? Cadastre-se aqui.

 

Clique aqui e conheça as minhas palestras.

 

Siga-me no: Facebook, LinkedIn, TwitterYouTube, Instagram e Medium.

 





    Xvideos disse:
    4 de janeiro de 2017 às 14:55

    Ótima Matéria parabéns



    Website disse:
    11 de janeiro de 2017 às 14:49

    Realmente, falta pena dura para políticos. Eles são tratados com muito privilégio, isso é errado!



    11 de janeiro de 2017 às 16:17

    Também concordo, os políticos e empresários corruptos tem que ser condenados pela Justiça a penas duras.



    Lucia Hohn disse:
    15 de janeiro de 2017 às 12:05

    Sinceramente Ricardo, acho que seria enxugar gelo, tentar punir quem “fabrica” as leis é muito difícil, acho que a solução era a dissolução do Congresso e uma eleição com todos os políticos com problemas na justiça de fora.



    Aparecida disse:
    24 de janeiro de 2017 às 23:51

    infelizmente vivemos num brasil sem leis.



    Cristina disse:
    27 de janeiro de 2017 às 15:37

    Em minha aulas de direito aprendi que existe um tal de jusnaturalismo, onde basicamente a pessoa sabe aquilo que é errado desde de seu nascimento…Parece que o ser humano Político nunca vai possuir essa habilidade!



    1 de fevereiro de 2017 às 14:20

    Seria maravilhoso, mas acho q a punição que vem por ai com a lava jato os deixará mais preocupados.



    Designix disse:
    1 de fevereiro de 2017 às 14:54

    Esse governo é uma piada



    1 de fevereiro de 2017 às 14:57

    O pior é que os bons que entram na politica brasileira se corrompem, muito triste isso!



    Guilherme disse:
    2 de fevereiro de 2017 às 7:46

    Excelente artigo Ricardo, como sempre você trazendo sempre uma ótima leitura. Acompanho sempre seu blog.



    7 de fevereiro de 2017 às 0:05

    Seria muito bom, porém creio que com a Lava Jato, irão ficar mais preocupados.



    Rodrigo disse:
    21 de fevereiro de 2017 às 17:25

    Totalmente correto, políticos deveriam ser condenados pelos seus atos criminosos com penas severas, pois pela corrupção deles milhares de pessoas perdem a vida todos os dias!



    Kalina Santos disse:
    18 de abril de 2017 às 13:38

    Estamos em meados de abril de 2017 e a cada dia temos mais notícias de delações premiadas. Acho que não bastaria um código de ética somente. Penas severas e confisco de todos o patrimônio desses políticos ladrões. De que adianta ficar preso alguns anos (ou até mesmo anos) e depois usufruir de todo o dinheiro desviado?



    19 de abril de 2017 às 20:25

    Eu entrei aqui mais pelo título… Já perdi a esperança nessa política e na justiça brasileira… É sempre a mesma história, eles roubam, a gente sabe, eles mesmos criam algo pra se favorecerem, eles se safam, nós ficamos a ver navios…

    Brasileiro tem que ser de ferro pra aguentar isso tudo, lamentável!



    paulo silva disse:
    9 de maio de 2017 às 15:20

    Com certeza o nosso país seria o melhor lugar do mundo para se viver.



    Alex Silva disse:
    9 de maio de 2017 às 15:31

    Concordo plenamente Ricardo Amorin, penso que se tivesse leis mais severas e um código de ética serio, a corrupção iria cair drasticamente.



    9 de maio de 2017 às 15:38

    O grande problema da corrupção no Brasil é que aqui o crime tem compensado para os politicos. Quando ele passar a não compensar com medidas mais severas, as coisas vão começar a mudar!



Deixe seu comentário

Acompanhe Ricardo Amorim na mídia
Istoe

Artigos do Ricardo Amorim
/ LEIA

Manhattan Connection

Desde 2003, Ricardo é apresentador do Manhattan Connection, atualmente no canal Globo News
/ VEJA

Radio Eldorado

A economia pode ser um agente poderoso de transformação
/ CURTA


Opinião de Ricardo Amorim - Economista Independente