Feeds Ricardo Amorim Facebook Ricardo Amorim Twitter Ricardo Amorim Linkedin Ricardo Amorim Youtube Ricardo Amorim

Seis meses sem comer nada ou reeducação alimentar sustentada pelos próximos 20 anos?

postado em Artigos


2016-11-6-meses-sem-comer
 
Você pode ser a favor ou contra a PEC 241, mas precisa saber a favor ou contra o que você está e não se deixar levar pela campanha de desinformação com motivação política que está tomando conta do país.
 

Com a PEC:
 

1. Investimentos e gastos com ensino básico e saúde CRESCERÃO como proporção dos gastos totais, em termos absolutos e acima da inflação.
 

2. Gastos totais do governo podem crescer até a inflação do ano anterior. Em 2017, por exemplo, crescerão cerca de R$70 bilhões.
 

3. A dívida pública, a taxa de juros e os gastos com juros da dívida serão significativamente menores nos próximos 20 anos. Provavelmente a economia chegará a mais de R$1 trilhão no período.
 

4. Com a queda dos gastos públicos como porcentagem do PIB, os impostos que todos pagamos cairão.
 

E sem a PEC?
 

1. O déficit público e a dívida pública continuarão crescendo até o ponto em que ninguém mais queira emprestar dinheiro para o governo brasileiro e financiar o excesso de gastos.
 

2. Quando isto acontecer, o governo será forçado abruptamente a cortar seus gastos até o limite de suas receitas. Se isto acontecesse no ano que vem, por exemplo, ao invés de aumentar seus gastos em R$70 bilhões com a PEC, o governo teria de cortá-los em R$170 bilhões. Neste caso, seriam cortados substancialmente gastos com saúde, educação, salários do funcionalismo público, benefícios da Previdência Social, etc…
 

3. Um corte de gastos desta magnitude jogaria a economia brasileira em uma crise ainda muito mais profunda do que a atual e levaria mais milhões de brasileiros ao desemprego. Em resumo, com a PEC fazemos um ajuste gradual ao longo de 20 anos com os gastos crescendo até a inflação e priorizando Saúde e Educação. Sem ela, cortamos todos os gastos agressivamente e jogamos a economia brasileira na mais grave crise da História.
 

A escolha é sua.
 

O texto original da PEC para você conferir com seus próprios olhos: bit.ly/2eL63I0
 

Ricardo Amorim, autor do bestseller Depois da Tempestade, apresentador do Manhattan Connection da Globonews, único brasileiro entre os melhores palestrantes mundiais do Speakers Corner e o economista mais influente do Brasil segundo a revista Forbes.
 

Quer receber mais artigos do Ricardo por email? Cadastre-se aqui.
 

Clique aqui e conheça as palestras do Ricardo.
 

Siga-o no: Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
 
 





    19 de novembro de 2016 às 20:51

    Adorei o artigo!



    Pedro H disse:
    2 de dezembro de 2016 às 11:07

    Um bom resumo sobre os efeitos PEC 241.

    A PEC não é algo vitalicio, é simplesmente para que o mundo retome a confiança no Brasil, independente de qual será o próximo Governo.



    Thais Muller disse:
    13 de dezembro de 2016 às 12:54

    Nossa, preciso mandar isso para meus amigos.
    É incrível como tanta gente não consegue enxergar o óbvio.



    Priscila disse:
    15 de dezembro de 2016 às 6:52

    Que bela analogia ao mundo do emagrecimento, eu prefiro um reeducação alimentar.



    15 de dezembro de 2016 às 6:54

    Gostei muito Ricardo. Seis meses sem comer nada ou reeducação alimentar sustentada pelos próximos 20 anos? eis a questão.



    Xvideosxx disse:
    23 de dezembro de 2016 às 0:04

    Gostei a da matéria !



    27 de dezembro de 2016 às 17:31

    Matéria muito boa!



    27 de dezembro de 2016 às 17:34

    Artigo top!



    11 de janeiro de 2017 às 16:37

    Ótimo resumo sobre os efeitos PEC..



    1 de fevereiro de 2017 às 14:25

    Prefiro seis meses semc omer nada, afinal ja passamos fome durante todo o governo do pt mesmo.



    20 de fevereiro de 2017 às 11:48

    Excelente analogia, como sempre você consegue facilitar a leitura fazendo com que qualquer um entenda até assuntos menos acessíveis a população. De fato, se a maioria soubesse realmente o que é discutido nos bastidores, teríamos um país melhor.



    19 de abril de 2017 às 11:25

    Para você ver como o povo brasileiro, na sua maioria, é manipulado pelas mídias, quando se ouve falar em PEC já achamos que é a pior coisa para nós, pois sempre ouvimos pela metade, ou apenas a parte que a mídia quer nos mostrar. Temos que nos informar muito mais e não ficar dependendo de TV para saber das notícias.



    Monica Faria disse:
    23 de julho de 2017 às 21:52

    Reeducação é sempre melhor. É perene.



    Ricardo disse:
    21 de setembro de 2017 às 21:13

    Artigo muito bom. Parabéns.



    29 de setembro de 2017 às 0:56

    É uma matéria muito relevante. Parabéns.



Deixe seu comentário