Feeds Ricardo Amorim Facebook Ricardo Amorim Twitter Ricardo Amorim Linkedin Ricardo Amorim Youtube Ricardo Amorim

Entrevista de Ricardo Amorim ao Canal Rural – Parte 1: “O resultado das eleições é mais incerto do que as pesquisas sugerem.”

postado em Entrevistas | Vídeos


Estúdio Rural

02/2014

 

 





    Fernando disse:
    20 de fevereiro de 2014 às 14:00

    Se o modelo de gestão continuar como está, e houver reeleição, Dilma dificilmente fará sucessor em 2018. O carisma do futuro candidato fará frente às contas asfixiadas numa projeção pessimista.



    Maria Lucy Saboia disse:
    21 de fevereiro de 2014 às 20:25

    Ricardo,
    Penso que a Dilma não tem condições de resolver os graves problemas que o próprio Governo criou, vai ser o caos!Sucessor,nem pensar, o estrago vai ser grande!
    Um abraço,
    Lucy



    Rafael Hermano disse:
    3 de março de 2014 às 18:42

    A Dilma é responsável por essa inflação. Ela interveio nos lucros das empresas, reduziu a Selic e aumentou gastos públicos. Atolou a economia com dinheiro e incentivou o consumo. Agiu como o pai irresponsável que mima o filho desmedidamente, sem pensar nas consequências.



    anselmo roberto marretto disse:
    4 de março de 2014 às 1:40

    É muito grave essa sucessão de presidentes brasileiros tão precários em termos culturais. Depois de Fernando Henrique, acadêmico de escola e superior a todos os antecessores somados, impera a turma do “: Nóis fumú e adespois nóis vortemô…”. A atual então em seus “improvisos”… Lembra a personagem Ofélia dos programas de humor da TV. O pt no poder é um pesadelo.



    isaac disse:
    23 de março de 2014 às 10:21

    Se o Ibope fosse certo, Dilma poderia ser reeleita, mas isto não é veridico. O Ibope está sendo manipulado com certeza…..porque a pesquisa só se dá com determinada série da população. Quero ver se fosse feito com 80% da classe média!



    Thalassinos Kambourakis disse:
    23 de março de 2014 às 11:34

    Não se iludam, enquanto tiver as bolsas da vida, cotas, mais médicos e outras medidas populistas, o PT não sai do poder, este é um mal que veio pra ficar durante muito tempo.



    João Batista Campos disse:
    23 de março de 2014 às 13:45

    A estratégia do PT foi dividir a população em “bons” os pobres e “maus” os bem sucedidos em função de uma formação melhor ou aproveitamento das oportunidades.Com isso eles garantem seus votos sem que seja preciso investir um centavo e com o sucateamento da Petrobrás vão privatiza-la como a Venezuela fez com a Pedevesa afim de oxigenar as veias necrosadas da ditadura da companheirada.



    Divam disse:
    24 de março de 2014 às 21:06

    Os dias do governo do PT estão contados



    9 de abril de 2014 às 18:50

    O caminho traçado pelo PT nestes anos foi desleal, sem transparência nos seus objetivos e, pq não, imoral! O Brasil está sendo conduzido como gado no curral para um socialismo indesejado pelo povo.



Deixe seu comentário