Feeds Ricardo Amorim Facebook Ricardo Amorim Twitter Ricardo Amorim Linkedin Ricardo Amorim Youtube Ricardo Amorim

Palestra do economista Ricardo Amorim abriu o Fórum da Indústria da Construção de Santos e Região

postado em Entrevistas | Palestras


05/2015

A Tribuna

 

Ficon 05-2015

 

Começou na noite desta terça-feira (19), no Mendes Convention Center, em Santos, a quinta edição do Fórum da Indústria da Construção de Santos e Região (Ficon). A abertura foi realizada pelo economista Ricardo Amorim, comentarista do programa Manhattan Connection, da Globonews.

 

Presidente da Ricam Consultoria, Amorim é economista, formado pela USP, pós-graduado em Administração e Finanças Internacionais pela Essec de Paris. Atua no mercado financeiro desde 1992 e trabalhou em Nova Iorque, Paris e São Paulo sempre como estrategista de investimentos.

 

Em suas primeiras palavras, fez uma análise do cenário econômico do País. “O Brasil está doente e o tratamento é a alta dos juros e ajuste fiscal. Esse tratamento é pesado e, inicialmente, vai fazer o País se sentir pior. É isso que está acontecendo com o Brasil”.
 
Ele acredita ainda que é alto o risco da presidente Dilma Rousseff (PT) não concluir seu mandato. “Ela precisa convencer a opinião pública que está combatendo com rigo a corrupção e fazer o País voltar a crescer urgentemente. Só isso vai evitar a quebra do mandato”.
 
Ainda conforme o economista, as soluções econômicas para fazer o Brasil voltar a crescer são simples. “A questão é que dependem de soluções políticas”.
 
Mercado imobiliário

 

Apesar de considerar a crise séria, Ricardo Amorim lembrou que há billhões de reais em recursos que poderão irrigar o mercado imobiliário. O problema é superar o medo do comprador. Há também condições cambiais para estrangeiros investirem no Brasil.

 

“Esta é a hora das grandes oportunidades para quem compra e é esse o recado que falta o mercado imobiliário passar para seus potenciais clientes”, afirma Amorim.

 

O economista afirma que a tendência natural é o comprador sair do mercado por achar que está tudo ruim. Porém, construtores e vendedores, em momentos difíceis, ficam mais dispostos à negociação.

 

Autoridades

 

Presente ao evento, o vice-governador de São Paulo, Márcio França (PSB), disse em seu pronunciamento que confia no potencial do Estado de São Paulo, mesmo em período de crise. “É preciso ser criativo em meio a crise para encontrar soluções, mas São Paulo tem todas as condições de atrair empresários e investimentos”.

 

O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), concordou com França. “É na crise que afloram as melhores soluções”.
 
Nesta quarta-feira (20), diversos temas sobre o setor serão discutidos, como tendências do mercado imobiliário após a desaceleração da economia e as oportunidades para o mercado regional da construção civil.

 

O Ficon é uma iniciativa do Sistema A Tribuna de Comunicação, com realização da Una Marketing de Eventos. Trata-se de um fórum permanente que reúne empresários e autoridades para discutir soluções e combater entraves na construção da Baixada Santista.

 

 
 





Deixe seu comentário