Feeds Ricardo Amorim Facebook Ricardo Amorim Twitter Ricardo Amorim Linkedin Ricardo Amorim Youtube Ricardo Amorim

Palestra do economista Ricardo Amorim abre o FICON, Fórum da Indústria da Construção de Santos e Região

postado em Entrevistas | Palestras


05/2015

A Tribuna

Por Marcelo Santos

 

Related 04-2014 (8)

 

O economista Ricardo Amorim, comentarista do programa Manhattan Connection, da Globonews, abre na terça-feira (19) à noite o Seminário do Fórum da Indústria da Construção de Santos e Região (Ficon), que segue até quarta-feira no Mendes Convention Center, em Santos. A cerimônia terá a presença do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, do governador Geraldo Alckmin e dos prefeitos da Baixada Santista.

 

O Ficon é uma iniciativa do Sistema A Tribuna de Comunicação, com realização da Una Marketing de Eventos. Trata-se de um fórum permanente que reúne empresários e autoridades para discutir soluções e combater entraves na construção da Baixada Santista.

 

Amorim abordará a perspectiva econômica do País. Na quarta-feira, os debates começam às 9h30. O primeiro mostrará o plano de recuperação imobiliária de Portugal, abalado por forte crise. Em seguida, Bruno Lessa, do portal VGV, falará sobre marketing imobiliário. No final da manhã, o tema será revitalização, ocupação e reciclagem dos centros das cidades.

 

À tarde, prefeitos discutirão impactos com obras de mobilidade urbana, como VLT e Túnel Santos-Guarujá. O encerramento se dará com a mesa-redonda Mercado imobiliário, a visão dos grandes investidores, que discutirá rumos do capital da construção.

 

Inscrições

 

As inscrições para participar do seminário são gratuitas e podem ser feitas no endereço www.unaeventos.com.br/ficon/2015/ ou no local.

 

 
 





Deixe seu comentário

Acompanhe Ricardo Amorim na mídia
Istoe

Artigos do Ricardo Amorim
/ LEIA

Manhattan Connection

Desde 2003, Ricardo é apresentador do Manhattan Connection, atualmente no canal Globo News
/ VEJA

Radio Eldorado

A economia pode ser um agente poderoso de transformação
/ CURTA


Opinião de Ricardo Amorim - Economista Independente