Feeds Ricardo Amorim Facebook Ricardo Amorim Twitter Ricardo Amorim Linkedin Ricardo Amorim Youtube Ricardo Amorim

Variação Anual da Renda Per Capita

postado em Infográficos e Imagens


07/2014

Por Ricam Consultoria

 
[RICAM] Renda Per Capita
 





    Juarez disse:
    1 de julho de 2014 às 14:26

    Independente de Partido Político, o crescimento não acontece porque neste país, toda a riqueza em circulação transita pelo governo, no mínimo em 40% dos recursos, que é o que custa a tributação em geral. Ora, todos sabemos que o governo é um mau administrador e há um dreno de recursos a fundo perdido que não tem retorno e prejudica e crescimento econômico. Quanto menos influência de governo, maior o crescimento do país. Infelizmente aqui andamos em marcha ré e só tende a piorar.



    José Luiz Gamaliel Pinto disse:
    18 de setembro de 2014 às 10:18

    Historicamente, no Brasil o Estado é o provedor de todas as necessidades das pessoas e interfere diretamente na demanda e oferta de bens e produtos. Isso decorre fundamentalmente da nossa estrutura política dos últimos anos, onde uma visão de esquerda. A maioria dos nossos partidos trazem em seu estatutos e programas a intervenção do Estado como mecanismo de se alcançar o bem estar social. Não há investimento em educação tecnológica (país de bacharéis) e também para a inovação. Os nossos políticos não tem formação estratégica e não conseguem construir a visão de um país moderno, justo, ético, empreendedor e gerador de riqueza.



    Roberto Fernaine disse:
    20 de setembro de 2014 às 17:02

    A ma’ gestão, interferência pura política e comando direto ineficiente do governo no Brasil eh o resultado de não termos, há décadas, indivíduos (políticos este caso) siquer preparados para assumirem a posição da qual são eleitas. E’ vergonhoso olhar e tentar entender o porque esses “líderes” ou representantes governamentais (ministros, senadores, deputados, prefeitos, governadores etc) da nação brasileira fazem como fazem, atuam como atuam e seguimos, muito mais muito lentamente na linha do progresso. E’ dizer, em dez anos demos um passo para frente e dois para trás, enquanto poderíamos ter dado 10 para frente. Nunca senti tanta descrença e decepção de como o Brasil e está e ainda para onde iremos.



Deixe seu comentário