Feeds Ricardo Amorim Facebook Ricardo Amorim Twitter Ricardo Amorim Linkedin Ricardo Amorim Youtube Ricardo Amorim

Em palestra para Amcham BH, Ricardo fala sobre perspectivas econômicas.

postado em Palestras


25/11/2010

Texto: Lilian Lobato

Momento de reflexão

Nomes de peso no cenário empresarial dão sua visão do mundo dos negócios pós-crise em evento realizado no Alphaville


FÓRUM DE DECISÕES: debates sobre a economia nacional e internacional

Diante da recente ruptura do cenário financeiro mundial, pensar em um novo modelo de negócios, tendo como base o compromisso com a sociedade, passou a ser fundamental. Foi esse o tema discutido no Fórum de Decisões 2010 – Gestão Sustentável, realizado pela Câmara Americana de Comércio (Amcham) na Fundação Dom Cabral, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O evento contou com palestrantes de renome, que abordaram o mercado nacional e internacional e o que mudou com a crise econômica mundial, iniciada no segundo semestre de 2008. Temas voltados para liderança e a transparência das operações nas organizações e na sociedade estiveram em pauta.

Além disso, empresários de peso no cenário internacional, como Eike Batista, também deixaram o seu recado. A MMX Mineração e Metálicos S/A, empresa do grupo EBX, do empresário, foi o tema central da apresentação. De acordo com ele, a companhia estuda a aquisição de novos ativos minerários em Minas Gerais. A mineradora possui planos de investir 2 bilhões de reais na ampliação da extração de minério de ferro, sendo que a maior parte será realizada no estado mineiro. Conforme o empresário, o próximo passo da MMX será a ampliação da produção dos atuais 10,8 milhões de toneladas para 46 milhões até 2015. Além disso, Eike Batista demonstrou interesse em trazer uma montadora de equipamentos da norte-americana Apple para o Brasil. “Por que a gente tem que pagar duas vezes e meio o preço do iPad?”, questiona.

EIKE BATISTA com Andreas Mourão
EIKE BATISTA com Andreas Mourão

Outro executivo de renome que compareceu ao evento foi o presidente da Anglo Ferrous Brazil, Stephan Weber. A empresa faz parte do grupo Anglo American, um dos líderes mundiais na produção de platina, cobre e diamante. O dirigente abordou a visão integrada das demandas operacionais e estratégicas nas organizações. Além disso, ele ainda ressaltou que atitudes sustentáveis precisam ter prioridade nas empresas.

O economista Ricardo Amorim fechou o evento e explicou, com dados consistentes, o mercado financeiro e de capitais e o valor da reputação corporativa no contexto atual. De acordo com ele, é um mito pensar que os Estados Unidos e a Europa serão eternamente dominantes. “Em várias áreas, o desenvolvimento dos processos não acontece nos dois continentes. Os emergentes, sobretudo China, Índia e Brasil, tiveram crescimento econômico significativo em 2010, que virou o mundo de cabeça para baixo”, avalia.

RICARDO AMORIM: de cabeça para baixo
RICARDO AMORIM: de cabeça para baixo

Conforme o vice-presidente da Suggar Eletromésticos, Leandro Xavier Costa, o fórum foi um momento de refletir sobre a economia brasileira e mundial, além de repensar ações sustentáveis que podem ser incorporadas pela empresa. “Os palestrantes ressaltaram temas de suma importância no contexto atual”, afirma.

Já para o gestor de contas da Feed­back – Negócios Corporativos, Arthur Eustáquio Gontijo, o fórum contou com a participação de palestrantes de alto nível, com grande conhecimento de mercado. “Além de chegar à empresa rico em informações, também tive a oportunidade de conhecer e conversar com outros empresários e futuros negócios poderão surgir”, diz.

No caso de Patrícia Pedro Campos e Simone Nunes, executivas de contas da rádio CBN, o evento mostrou que o momento pelo qual passa o Brasil é extremamente favorável. Ambas explicaram que é preciso conhecer a visão do empresário e também de críticos quanto à economia nacional e mundial.





Deixe seu comentário