Feeds Ricardo Amorim Facebook Ricardo Amorim Twitter Ricardo Amorim Linkedin Ricardo Amorim Youtube Ricardo Amorim

Reportagem sobre palestra de Ricardo Amorim sobre perspectivas para comércio exterior e infraestrutura de transportes.

postado em Palestras


Net Marinha
08/2012

 
FLUXO DE COMÉRCIO INTERNACIONAL BRASILEIRO TEVE CRESCIMENTO MUITO SIGNIFICATIVO NOS ÚLTIMOS ANOS.
 
A afirmação é do economista Ricardo Amorim que acredita que setor portuário é fundamental para o crescimento do Brasil. Amorim abordará este e outros temas em sua palestra no Santos Export 2012..
 
Uma série de transformações econômicas ocorreu em todo o Mundo nos últimos anos. O mundo assistiu estarrecido o corrosivo efeito da crise econômica que assolou vários países e que mudou o cenário internacional. Nessa nova “geografia” econômica, países emergentes, entre eles o Brasil, ganharam força, sem, no entanto, estarem blindados quanto à fragilidade que se instalou em todo o sistema.
 
Segundo o economista e comentarista do programa Manhattan Connection da Globo News, Ricardo Amorim a crise europeia irá se intensificar, o que pode reduzir nos próximos trimestres as exportações brasileiras para países europeus e também indiretamente para os Estados Unidos e China, à medida que estas economias sejam afetadas.
 
Cada uma destas mudanças e seus impactos positivos e negativos serão discutidos e explicados por Amorim em sua palestra que marcará a abertura da décima edição do Santos Export – Fórum Internacional para a Expansão do Porto de Santos, no dia 13 de agosto, às 18h30, no Casa Grande Hotel, em Guarujá.
 
Segundo Amorim, nos últimos anos houve um crescimento muito significativo do fluxo de comércio internacional brasileiro, o que motivou o crescimento da movimentação de cargas em nossos portos. “É provável que este movimento se sustente ao longo desta década, entremeado por períodos curtos de baixo crescimento ou de contração, como o que estamos vivendo neste momento”, explica.
 
Para o economista, o setor portuário é fundamental para o crescimento do país que precisa expandir em grande escala o seu fluxo de comércio internacional para se desenvolver ainda mais. Contudo, isso não será possível sem um setor portuário forte e Amorim acredita que os portos brasileiros ainda enfrentam atrasos significativos em termos de infraestrutura e serviços, mas não acha possível resolvê-los em curto prazo. “A médio e longo prazo, os investimentos importantes que já foram anunciados devem melhorar os acessos e a infraestrutura portuária. Mas, de forma mais significativa acredito que só no final da década em que estamos”, dispara.
 





    Somatodrol disse:
    18 de setembro de 2017 às 17:02

    Ótimo trabalho Ricardo amorim, sem dúvidas seu site é um dos maiores do Brasil quando o assunto é economia



Deixe seu comentário