Frente às mudanças implementadas na coordenação da economia em âmbito federal, o que esperar em termos econômicos e financeiros? #RicardoResponde

Espero que estas mudanças corrijam uma série de desequilíbrios que se formaram principalmente nos últimos quatro anos. Infelizmente, 2015 será mais um ano difícil, provavelmente com uma pequena queda do PIB.
 
O ajuste das contas públicas, por exemplo, é inevitável, mas o aumento de impostos e o corte de gastos públicos são inicialmente recessivos, retirando dinheiro da economia em 2015, também limitando o crescimento.
 
No entanto, se arrumarmos a casa em 2015, retomando a confiança de empresários e consumidores, podemos retomar um ciclo de crescimento mais acelerado no final do ano e nos anos seguintes. Em resumo, vai piorar antes de melhorar, mas pela primeira vez em cinco anos, podemos terminar o ano melhor do que começamos e com perspectivas melhores para os próximos anos.
 
Estas medidas e a nova equipe econômica são a potencial salvação do governo Dilma. Havia uma necessidade clara de mudança de modelo de política econômica. A questão crucial é se a Presidente deixará a equipe econômica adotar as medidas que são necessárias.

 
 

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Relacionados