Economista Ricardo Amorim prevê piora da crise na Europa com impactos negativos no agronegócio brasileiro.

Revista Porkworld

09/2011

Por Daniel Azevedo

 
A “nova crise” mundial chegará ao agronegócio do Brasil?
Aumento da demanda, para alguns, compensaria recessão nos países ricos.
 
A instabilidade em algumas das principais economias do mundo já se reflete nas bolsas de valores, prognósticos de crescimento econômico para os Estados Unidos (EUA) e União Europeia (UE) e nos discursos dos governos dos países mais importantes para o comércio internacional.
Menos de três anos após a crise internacional que instaurou a maior recessão desde o “crash” da Bolsa de 1929, os países desenvolvidos parecem estar a beira de um novo colapso econômico. EUA e UE, particularmente, se afundam em dívidas e aumentam a desconfiança no cenário macroeconômico.
Continue lendo esta matéria. Clique aqui.

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Relacionados