Munich Re promove debate sobre perspectiva do mercado de resseguros no Brasil.

30 de Agosto de 2010

 
A Munich Re do Brasil reinirá, no próximo dia 17, no World Trade Center, em São Paulo, especialistas para debater as perspectivas para a indústria de resseguro no País, com ênfase para obras de infraestrutura e solvência. Na pauta, também  avaliação dos mercados de créditos de carbono, agrícola, automóveis e outros.

A Munich Re, maior resseguradora do mundo, planeja chamar a atenção para as boas perspectivas da economia brasileira, com forte destaque para setores como construção, agricultura, mineração, produção industrial e serviços. O objetivo é alertar os investidores estrangeiros sobre as possibilidades de crescimento do mercado de seguros e resseguros. A escolha do Brasil como sede da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos em 2016 já começam a movimentar o mercado de infraestrutura, que estará envolvendo grandes projetos de modernização nos próximos anos.

Para o mercado segurador, não poderia haver momento melhor. As oportunidades podem ser aproveitadas tanto no segmento de grandes riscos, que deverá garantir a execução de grandes obras de construção, principalmente as relacionadas à Copa do Mundo e ao PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), quanto no microsseguro, que deverá conceder, pela primeira vez, proteção a milhões de brasileiros que gradativamente se incorporam à cadeia de consumo, algum tipo de proteção, seja ao seu patrimônio ou à sua vida.
Outro segmento que também terá forte expansão é o de soluções de resseguro como resultado das novas normativas de solvência, em modalidades voltadas para mitigação de risco de capital, administração de capital e produtos de engenharia financeira.
Esse cenário propicia o debate sobre a contribuição da Munich Re do Brasil  para aprimorar esse crescimento, principalmente pelo oferecimento de soluções cada vez mais criativas ao seu público. Durante a “Munich Ressegurando o futuro”, especialistas da Munich Re abordarão os impactos do seguro para os mercados de créditos de carbono, agrícola, infraestrutura, energias renováveis, automóveis, indústria naval, garantias , vida e outros. A abertura do encontro contará coma palestra do CEO da Munich Re no Brasil, Kurt Müller, que fará uma introdução a respeito do mercado e também da própria atuação da Munich RE. “Como companhia de resseguro local e com uma equipe de subscrição fortalecida no Brasil, a Munich Re está em condições exclusivas de participar do resseguro destes projetos. Por exemplo, já somos líderes incontestáveis do resseguro de engenharia participando da construção da ferrovia Transnordestina e de um importante projeto eólico em Santa Catarina”, explica o CEO.[3]
O encerramento do encontro ficará sob responsabilidade do economista Ricardo Amorim.
Saiba mais aqui.

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Relacionados